Movimento das Capelinhas

MOVIMENTO DAS CAPELINHAS

Breve histórico do Movimento

O Movimento das Capelinhas teve início no Equador através de um Irmão Claretiano que foi visitar uma família em que uma menina estava muito doente e levou uma imagem do Sagrado Coração de Maria (padroeira da Ordem). A menina melhorou e os vizinhos pediram que a Imagem de Maria visitasse, também, suas casas. Tendo início, assim, a devoção ao Imaculado Coração de Maria e o Movimento das Capelinhas. 

Em 1914, os Claretianos trouxeram para o Brasil a devoção – Belo Horizonte. Em 1937, o Movimento chega a Curitiba e Região Metropolitana e, em 1939, chega a São José dos Pinhais.

Coordenadoras do Movimento na Paróquia São Cristóvão:

1ª – Rosa Bot Possebom

Atual – Maria Celina Alves Novo

Tesoureira: Rosirene Silva

Objetivos do Movimento:

- Difundir a devoção Mariana.

 É um grupo com o objetivo comum – evangelizar, Maria foi a primeira “visitadora” quando visitou sua prima Isabel. Fundou aí o Movimento das Capelinhas.

- Promover a união entre as famílias

Maria deve chegar a todos os lugares, visitar todas as famílias que necessitam do amor de Deus.

- Rezar pelas vocações sacerdotais e religiosas

O Movimento incentiva a oração pelas vocações buscando difundir a oração do Terço, principalmente em família e, também, a ajuda material às vocações através da contribuição depositada no cofrinho da Capelinha.

Participantes do Movimento:

63 Mensageiras – cada Capelinha visita, em média, trinta famílias.

Reuniões:

As reuniões acontecem nos quartos domingos de cada mês em uma das salas de Catequese.